Dia Internacional da Mulher

Liberdade, prazer, desafio, superação. É o que elas procuram na escalada de montanhas, em trilhas que passam por florestas fechadas, em rios, cachoeiras e em manobras arriscadas. Sim, elas: mulheres. Ainda há quem pense que esportes de risco é coisa de homem, mas engana-se. Afinal, viver a vida de forma radical é o que muitas mulheres também buscam, sem abrir mão, é claro, da sensibilidade e da feminilidade.

Confira na foto as minas que representam muito bem o #‎BMFgirl.

BMFgirls
Ana Luiza, Ka Albanesi e Teca Lobato living that BMFlifestyle
dia da mulher
Luana Campos / Nana Nas

Parabéns a todas as mulheres em especial a nossas mães e a todas as que praticam algum esporte radical. Independente do que façam, fazem com amor, garra e determinação.

Keep #BMFing Y’all

REEL 2017 – Bernardo Vasconcellos

Por acreditamos muito na coletividade, cooperação e troca mútua nas relações pessoais. Viemos através desse post compartilhar com vocês o REEL(vídeo portfólio), do nosso camarada Bernardo Vasconcellos dos trabalhos que ele realizou durante o ano de 2016, inclusive em parceria com a gente!

Reel 2017 from Bernardo Vasconcellos on Vimeo.

Seja skate, graffiti, esportes radicais, moda ou aos demais interessados em contratar seu serviço de filmagem / fotografia e edição de vídeo, favor entrar em contato no emailbernardovasconcellos5@gmail.com // instagram: @bernardovasconcelloss

MANTENHA O DEDO NO GATILHO

Entrevista Globo Esporte-Bruno Sales projeto social

Bruno Sales aka @brunosalessandsnow que é atleta profissional de sandboard, campeão Sulamericano e foi campeão mundial em 2013 no Peru também realiza um trabalho social no Projeto Esporte e Educação: Essa é a Nossa Praia em Paracuru,CE.
Confira agora no vídeo a seguir a matéria com sua entrevista que saiu no Globo Esporte CE:

Entrevista com Professor Bruno Sales para o Globo EsporteEntrevista com Professor Bruno Sales para o Globo Esporte, mostrando sua trajetória e o seu trabalho junto com nossos alunos do Projeto Esporte e Educação: Essa é a Nossa Praia, em especial com os nossos alunos com deficiência e participação do Movimento Paracuru Inclui. Entrevista que envolve emoção e uma enorme gratidão pelo seu trabalho, transformando vidas a cada dia.

Publicado por Projeto Esporte e Educação: Essa é a Nossa Praia em Quarta, 18 de maio de 2016

“Extrair o melhor de cada um seja qual for a limitação, se doar pela simples vontade de somar e fazer uma diferença enorme em cada vida, esse é o trabalho que nosso camarada Bruno Sales faz no Projeto Esporte e Educação: Essa é a Nossa Praia, com crianças carentes e jovens com alguma deficiência.”

11079514_666074273521937_2573820330721442771_o

Ficamos muito felizes de ver essa reportagem sobre seu trabalho, Bruno. Realmente dá gosto de ver e mais energia para continuarmos nosso movimento que ganha cada vez mais força com sua ação, essa é a corrente e o lifestyle que vivemos, sempre divulgando o rolé, apoiando e ajudando os nossos!

Keep up the good work Bruno, you’re always spreading the shred around the youngsters, keeping them away from the bad vibes.

SUPPORT THOSE WHO SUPPORT YOU!

Delatorvi no QGbmf

Mais uma parceria fechada com esse camarada que tá representando muito bem o rap mineiro. Delatorvi (@delatorvi) passou aqui no QGbmf, garantiu sua peita e de quebra saiu medicado, só força família.

delatorvibmflifestyle
Delatorvi

Confira um de seus últimos lançamentos, ‘Quem é você’ com part. Luizada clicando AQUI.

Feliz Dia das Crianças: deixe o menino brincar

dia das crianças

“ESSAS CRIANÇAS HOJE EM DIA”

Tenho escutado muito isso, eu mesmo já falei para mim mesmo algumas vezes…

Tem um problema, mas não com as crianças:

EXISTE UM PROBLEMA COM A NOSSA SOCIEDADE!

As pessoas crescem e esquecem da sua infância, então quando elas têm seus próprios filhos, tudo que acontece é que elas se lembram de que a infância precisa de orientação.

Nessa hora elas já perderam a conexão com sua própria criança interior, assim perdendo a conexão com a juventude da sua comunidade.

Eu sei que é difícil apoiar os outros quando você teve que lutar para apoiar a si mesmo.

Mas se você perder essa conexão com os mais novos, você não estará numa posição de julgar aqueles que enfrentam as mesmas batalhas que você enfrentou.

Sim você evitou a prisão, não foi esfaqueado ou levou um tiro e não tem mais que ficar fazendo corre. Você ganhou o suficiente para comprar sua própria casa….Muito bem.

Mas seja honesto, você mal conseguiu evitar essas situações. Você poderia estar na prisão ou morto.

Você poderia ser um alcoólatra, um viciado ou mentalmente doente. Então não condene aqueles que estão seguindo seus próprios caminhos enquanto você não faz porra nenhuma para ajudar a guiá-los.

Posts de Instagram não são bons o suficiente. Nem mesmo dizer “Quando eu era novo”, especialmente para aqueles que estão preocupados se vão ser assassinados algum dia.

A vida dos mais novos e pobres é frágil. Lembre-se a mesma juventude que fica correndo armada por ai, será a primeira a lutar contra o sistema que a colocou nessa situação.

Você tem que ser o mentor, tem que provir apoio, você deveria ser capaz de passar pela próxima galera e dizer “E ai menor, como você está?”.

Eu nunca passo por um grupo de meninos de rua e finjo estar no telefone ou até mesmo fingir que eles não existem.

Se você crescer, se tornar um homem e um exemplo a ser seguido , beleza. Ou então pare de falar “ESSAS CRIANÇAS HOJE EM DIA”, você as deixou, você fez isso e agora não consegue nem mesmo olhar em seus olhos, nem sequer olha para o passado delas.

AGORA EU TE PERGUNTO, POR QUE VOCÊ ACHA QUE ELAS DEVERIAM TE RESPEITAR?

Texto original @chakabars #chakabars

dia das crianças 2

Algumas músicas para você ouvir e refletir sobre a infância:

Master P- Let the kids grow

Facção Central – 12 de Outubro

Racionais MC’s – Mágico de Oz

Do It For the Hood – Support My People