Page 1
Vídeo

Documentário MV Bill (Falcão – Meninos do Tráfico)

maxresdefault-5

 Falcão – Meninos do Tráfico é um documentário brasileiro produzido pelo rapper MV Bill, pelo seu empresário Celso Athayde e pelo centro de audiovisual da Central Única das Favelas que retrata a vida de jovens de favelas brasileiras envolvidos no tráfico de drogas. A produção independente se tornou popular principalmente por sua transmissão no programa semanal da TV Globo Fantástico, um dos mais famosos no Brasil. O documentário foi feito entre 1998 e 2006 em que os produtores visitaram diversas comunidades pobres do Brasil, registrando em 90 horas na maioria do tempo em forma digital, e um pouco em VHS. O nome do documentário é em razão do termo “falcãousado nas favelas, que designa aquele cuja tarefa é vigiar a comunidade e informar quando a polícia ou algum grupo inimigo se aproxima. Os dois produtores tiveram que enfrentar o ambiente hostil onde viviam os jovens. A repercussão do documentário no país foi grande, sendo largamente comentado e discutido.

“A infância é muito frágil para ser abadonada”

Vídeo

Painel Manifesto Contra a Repressão aos Pixadores- DilúvioBH

Fomos convidados pela crew do Dilúvio para organizarmos juntos um manifesto contra a forma que a #‎pixação tem sido julgada em BH, ficamos perplexos como um simples ato de jogar tinta sobre tinta tem sido levado tão a sério pela justiça. Quem dera fosse assim também com os verdadeiros crimes ambientais que acontecem a todo momento. O que vemos dia após dia é uma justiça que só arrebenta pro lado mais fraco, que pune apenas pessoas que não são ricas e não vestem colarinho branco.
Mas não estamos aqui querendo justificar um crime menor com um maior, mas sim fazer com que as pessoas percebam que o ato de pixar vai muito além do spray na parede, ela já virou um estilo de vida, e que com ele se formam muitas amizades.
Por isso convidamos dois graffiteiros que vieram da pixação e atuantes no vandal, Error e Kesa que além de representarem muito bem a essência do #‎graffiti‬ / ‪#‎pixo , fizeram um live paint durante o evento com o foco nessa problemática.
ERROR‬: terrorista dos trilhos, camarada atuante no graffiti ferroviário e vandal muito focado na diversidade de estilos e letras diferentes.
SAKE: muleque zica das letra, com uma influência forte da nova escola de SP e Nova York, esse camarada é peso pesado no quesito throw-up e representação de personas.

O evento contou também com um Live painting dos camaradas RAMAR, DeAbreu e Lucas Torres feito em uma KOMBI, a cena ficou loka viu pai.

Confira agora o vídeo que acabamos de soltar:

#RealGrapixoNãoéCrime  #SupportYourLocalVandals

Nota

Simples-Mente Felipe ARCO – Rua e Poesia

Gostaríamos de compartilhar com vocês o projeto Simples-Mente Felipe Arco.

Felipe Arco, 25 anos, formado em marketing, abriu mão de atuar em sua área para correr atrás de um sonho, ser escritor. Começou pelo metrô de BH, vendendo suas poesias de vagão em vagão. Até decidir começar um projeto novo, virar camelô para poder custear seu primeiro livro. Foi assim que veio a ideia de vender paçocas. Viu que seria necessário vender 200 mil até chegar a seu objetivo. Foram quase 2 anos de luta nas ruas, até que conseguiu sua meta. Felipe Arco lançou seu primeiro trabalho em 2015, com 80 poemas e foi intitulado “200 mil paçocas e infinitas poesias”. Após o lançar seu livro, Felipe fez um mochilão pelo Brasil, onde rodou 15 estados em 90 dias, sobrevivendo apenas da venda do seu livro na estrada. Dessa aventura nasceu seu novo trabalho, intitulado “12 mil km e infinitas poesias”. O trabalho foi lançado recentemente e já vendeu mais de mil cópias.

Tivemos o prazer de trocar algumas idéias com ele durante o Festival Dilúvio Na Rua e ainda acabou nos presenteando com um livro do seu último trabalho.

Foto 22-08-16 11 16 37 Foto 22-08-16 11 14 26

Violentamente doce… A melhor definição para a obra e também para o autor da mesma: arte que traz a poesia marginal sob os olhos de um vagabundo trabalhador, decidido, cheio de imaginações e manifestações pela arte.

Satisfação total ler seu livro, mano ARCO…….siga firme na direção dos seus sonhos e MUITO OBRIGADO!

Vídeo

Promo Video – Keep #BMFing

Chega mais que tem vídeo PROMO na área. A idéia básica desse vídeo é retratar o significado do verbo, expressão: #BMFing.

Apresentando os camaradas:
Rafael Bemiefi, Thiago Lessa, Daniel Pádua, Pepe Laporte, Rafael Mourão, Marcos Diniz, Bruno Mendes, Fabrice Klaus, ERROR, Mike Sears.

Satisfação camaradas, Shred Hard and Always Ride Safe.

Another PROMO video about the definition of the verb #BMFing.

We are different. We are a community.
We share a point of view and a commitment to the one thing that make us who we are — freestyle riding. We don’t need a gold medal, overprice product, or a season pass to have fun. We ride with our friends in backyards, in the streets, in the mountains, seas and wherever we can spread the shred. We make sacrifices to live this way because it feels like there is no other choice.

This life isn’t for everyone
When you are ready, we want you to join us.

ARE YOU SHREADY?

Áudio

DV Tribo lança single em apoio a prisão de pixadores de BH.

Salve salve galera cola na grade e dá um confere nesse grupo de BH, DV Tribo, que acabou de lançar um single intitulado HINO prestando apoio aos pixadores ( GG, Frek, Goma, Marú e Morrou) presos por formação de quadrilha em BH, na tentativa de exterminar o pixo na capital.

Para quem ainda não conhece, DV Tribo é um grupo de rap formado por 5 MC’s da grande BH (Clara Lima, Oreia, Djonga, FBC e HOT) e um beatmaker (Coyote Beats) e nessa faixa a interpretação fica por conta dos MC’s Oreia, Djonga e FBC com o beat do Coyote.

• APERTE O PLAY E CONFIRA A LETRA NO VÍDEO:

Lyric video, gfx e arte: Matheus Aragão

jl goma criolo PJL goma

Vale lembrar que muito tem se discutido a respeito da pixação em BH e vários artistas da cena do Rap já prestaram seu apoio principalmente ao João Marcelo vulgo GOMA que com sua loja REAL GRAPIXO fortaleceu muito a cena do rap na cidade.

Nós do movimento BMF tivemos o prazer e felicidade de conhecer o João Marcelo e ele nos mostrou ser uma das pessoas mais humildes e um camarada muito sangue bom, sempre fortalecendo a cultura de rua. Além disso, abriu as portas da sua loja para vender nossas camisas. Deixamos aqui nossa força e como dizia o 509-E ‘Paciência é a chave , truta……não esquece”.

100 coração

#RealGrapixoNãoÉCrime

Nota

Teaser | festival Dilúvio NA RUA!

Para quem estiver em BH no dia 20 de Agosto de 2016, confira:

É com imenso prazer que apoiamos mais um Dilúvio, festival que já está em sua terceira edição e vem formando sua identidade sempre fortalecendo os artistas independentes e a cultura de rua local. Assim como a edição passada, essa também será na rua e de graça; daquele naipe que a gente mais gosta:


“A cidade é um universo em construção. Corpos se transformam e resignificam nos lugares. Lugares transformam quando em contato com corpos.

Entendendo a Barragem Santa Lúcia como um lugar de possíveis encontros, convidamos todas e todos para (con)viver nesse espaço, com uma programação pra todos os públicos!

Tomado pela importância do cenário artístico belorizontino, o Festival Dilúvio surgiu como uma ferramenta: de reunião, divulgação; de troca autônoma, festa e estética. Entre as áreas da arte, o festival promove o encontro da música com o pixo, a pintura e o grafite; todo campo que merece o devido respeito.
Com mais de 12 horas de atrações, a primeira edição levou duas mil pessoas pra prestigiar as novas produções da cidade: live painting, rock, música instrumental, rap, afrobeat foram algumas das atrações que marcaram o Dilúvio. Com a intenção de projetar artistas locais e formar público em torno da cultura na cidade, e realizado sem patrocínio ou leis de incentivo, a ideia é mostrar que, independente de qualquer crise ou velhos modelos de financiamento, é possível – e necessário – produzir cultura e mobilizar as pessoas com esse propósito. “

13738089_1124627020963331_7830558371278041474_o

Festival Dilúvio na rua 20/08/16

VAMOS PROMOVER E MOVIMENTAR A ARTE NA RUA

Dia: 20/08/2016 ás 14h até 22h na Barragem Santa Lúcia / São bento.

Vídeo

Ocupação Visual -Pixação

Salve salve camaradas, passa a visão nesse vídeo que encontramos de um estudo universitário da Universidade Toulouse Jean Jaurés, realizado em 2015 durante 4 meses sobre a Pixação em São Paulo,Brasil:

Além desse vídeo da hora, também rola a versão escrita do trabalho: http://issuu.com/timeng/docs/final .

Créditos: La Taguerie

French:

“Etude universitaire (Université Toulouse Jean Jaurés) sur le tag à São Paulo fait au début de l’année 2015 pendant 4 mois. Ci-contre le lien du travail écrit” :

http://issuu.com/timeng/docs/final

capa pixo sp frança

ISSO É PURA CULTURA DE RUA.

Vídeo

DGK All Night

Dá um confere nesse vídeo que acabou de sair da DGK, com o time marretando na rua durante a noite.
Edição, filmagem e rolé de milhão:

“Take a look into what the DGK squad has been getting into when the lights go out”. #dgkallnight

Cena que da gosto de ver: isso é pura Cultura de Rua!